{{'2017-06-18'| date:'longDate'}} Você conhece os efeitos do mar sobre o seu cérebro?

foto

O mar é saudável de qualquer ponto de vista. Quando o ser humano tem a oportunidade de apreciar extensões infinitas, ocorrem mudanças na sua percepção, no seu estado emocional, e essas mudanças se potencializam quando esse espaço infinito tem um movimento cadenciado. Por isso, algumas pessoas ficam contemplando o mar por muito tempo. O cérebro é dotado de uma propriedade conhecida como plasticidade. Isto tem a ver com o fato de que tudo o que experimentamos produz uma mudança em sua arquitetura, seja em maior ou menor grau. Por exemplo, a meditação e contemplar o mar são algumas das experiências que provocam uma poderosa mudança no nosso estado mental. “Éramos eu e o mar. O mar estava sozinho e eu também. Um dos dois desapareceu.” – Antonio Porchia – Não é por acaso que tantos poetas do mundo têm dedicado seus versos ao mar. Essa massa gigantesca de água cria grandes emoções e a percepção do seu movimento pode ter uma ressonância muito poderosa no nosso sistema nervoso. Então, vamos mergulhar em alguns dos seus efeitos. 1. O mar aumenta a criatividade Já está comprovado que os ambientes sobrecarregados de estímulos simultâneos geram muito estresse. É o que acontece, por exemplo, quando caminhamos por uma enorme avenida da cidade, com muitos carros, muitas pessoas, muitas construções… O nosso olhar encontra centenas de estímulos ao mesmo tempo e nos sentimos oprimidos. Com o mar acontece exatamente o contrário. É uma grande extensão de água, onde alguns elementos se destacam: as ondas, as aves marinhas e talvez algum barco. Cada elemento é totalmente identificável. Diante disso, o cérebro reage imaginando e criando. Esse ambiente tranquilo nos permite gastar uma boa parte dos nossos recursos para gerar ideias inovadoras, enquanto em lugares mais estimulantes teríamos que dividir a nossa atenção. 2. O mar facilita a meditação O mar provoca uma experiência que envolve quase todos os nossos sentidos. Ele tem um som suave e ritmado que captamos através do ouvido. Ao mesmo tempo, as cores azuis ou verdes do oceano são tons que acalmam a mente. O mar também atinge o olfato, com o seu sabor mineral e de vida. Todo esse conjunto aumenta as ondas alfa no cérebro. Estas ondas são características do sono, mas neste caso, elas aparecem durante a vigília porque fixamos a atenção em um foco fixo e pouco variável. Este é o mesmo estado cerebral conseguido através da meditação, e tem o poder de nos ajudar a eliminar os elementos tóxicos da mente. 3. O mar ajuda a relaxar e reduz a ansiedade Este talvez seja o efeito mais visível do mar no cérebro. A cor, o movimento e a extensão do mar têm um efeito de relaxamento sobre o cérebro e o sistema nervoso. Temos diante dos nossos olhos um espaço completamente aberto, que se funde com o infinito do céu e promove uma sensação de tranquilidade. Instintivamente, o mar calmo gera confiança. Isto porque ele é uma extensão plana, onde não existem lugares “escondidos”. Nosso cérebro o identifica como uma ausência de ameaças e, por isso, elimina as vozes de alerta. O resultado é o relaxamento do sistema nervoso. Além disso, algo dentro de nós sabe, biologicamente, que viemos de lá. Que a água gera a vida. De alguma forma, nos sentimos em um ambiente “familiar” e protetor. 4. O mar interrompe a ruminação dos pensamentos A ruminação dos pensamentos corresponde a pensar de forma obsessiva em um mesmo assunto. Você tem em mente algo que não consegue esquecer, não consegue encontrar uma nova solução e sempre volta ao ponto de partida. São as mesmas perguntas, as mesmas respostas, as mesmas inquietações. O mar nos ajuda a interromper esses ciclos prejudiciais de pensamentos que se assemelham a uma rua sem saída. Ele é um espaço que tem pouca relação com os nossos ambientes do cotidiano, não há muitas referências que podem nos lembrar das nossas rotinas. Esta é uma ruptura que contribui para afastar as ideias obsessivas, que tantas vezes nos perseguem no dia a dia. 5. O mar tem um efeito relativamente hipnótico A simples contemplação do mar nos ajuda a entrar em um novo estado de espírito. Como dissemos anteriormente, ele estimula a produção de ondas alfa. Ao mesmo tempo, a partir do ponto de vista emocional, exerce uma grande atração sobre nós e isto nos leva a relativizar o tempo. Por isso, podemos ficar longos períodos olhando o oceano sem perceber o tempo passar. O mar é definitivamente uma das maravilhas da natureza. Ele nos leva a experimentar um momento transcendental e, ao mesmo tempo, renovador. É equivalente a uma terapia pelos seus efeitos extraordinários sobre o cérebro. É, sem dúvida, um dos melhores lugares para irmos quando a inquietação nos invade, já que em suas águas podemos nos livrar das preocupações. Fonte: https://amenteemaravilhosa.com.br/efeitos-mar-sobre-cerebro/


foto por Maria Júlia Zoccal Bresser
23 anos e recém-formada em Psicologia. Sonhadora, questionadora e busca encontrar uma resposta para todas as coisas que acontecem. Apaixonada pelos seres e pela vida!



Comentários...

foto
{{c.nome}} {{c.data| date:'short'}} {{c.conteudo}}


Faça um comentário...

Obrigado, {{contato.nome}}!
Seu comentário foi enviado.




Thank you for registering!

CLICK TO SEE
THE EBOOK



Enter your e-mail to access for free the ebook DA DOR À FELICIDADE

{{errors.newsletterEmail.message}}



Filtrando resultados por: {{config.query}} Nenhum resultado encontrado!

Continue escrevendo para começar a filtrar