{{'2017-09-10'| date:'longDate'}} Desconecte-se daquilo que não é bom pra você. Acredite, você vai viver muito bem!

foto

Manter um estado de vibração elevado pode ser difícil para algumas pessoas. Encontrar este caminho pode não ser tão simples assim , e muitas vezes elas acabam deixando essa história de vibração e energia somente na teoria e pouco ou nada aplicam em suas vidas. Mas quero dizer que não há segredos nem grandes mistérios nisso, porque tudo está dentro de nós esperando para ser despertado e trabalhado. Nascemos com todo este potencial e maquinário disponível para nos auxiliar nas transformações necessárias de evolução e expansão, e nosso corpo/mente mais coração, são ferramentas indispensáveis para este processo natural. Manter-se elevado é uma atitude de auto responsabilidade. Na verdade, toda vida é. Jogar a culpa no outro é sempre uma manobra que o ego encontra para não resolver suas questões internas e encarar os próprios medos e os desafios que a vida nos coloca para o auto aperfeiçoamento. Por isso, se coloque na presença, na sua vida de forma consciente e atue como uma mente observadora dos acontecimentos e atenta à sua intuição. Pessoas, lugares, coisas, sons, alimentos agem diretamente no nosso campo energético e vibracional, tanto de forma positiva quanto negativa, tudo depende da nossa conexão. Se você sente que algo ou alguém não lhe faz bem, um ambiente te deixa pra baixo, ou alguma situação te faz mal, desconecte. O corpo é inteligente e vai sempre nos emitir um sinal. Fique atento a eles. Seja mestre de si. Você não precisa fazer algo que não lhe agrada ou não lhe faz bem, para ser aceito ou não julgado, isso é ilusão. Os outros são os outros e você só tem a si mesmo. Cuide-se. Perceba aquilo que mexe com seu campo energético. Notícias de baixa vibração, pessoas fofoqueiras, músicas de baixo teor musical, ambientes carregados, comidas providas de sofrimento, tudo isso pode acarretar em você sensações de desânimo, tristeza e até mesmo dores físicas e doenças. O segredo da saúde está em se manter saudável, encontrar sempre meios de cura onde possa existir uma dor. Saber desviar daquilo que pode nos causar sofrimento. Desconecte-se daquilo que não seja bom pra você, e isso inclui coisas e pessoas. Acredite, você pode viver muito bem sem eles. Mas antes disso, tenha responsabilidade pelos seus atos, e entenda quando a sua atitude também não foi benéfica para outro ser humano. A responsabilidade também está em deixarmos lugares, ambientes e pessoas com o melhor de nós. Conecte-se com o altruísmo, o amor, bondade, cura, com opções saudáveis e de potencial energético. Desperte seu ser para o autoconhecimento por meio da meditação. Esta é uma grande chave para acessar o mestre que habita em nós, e além disso permite que possamos atuar mais com o campo do coração que o campo mental. O coração também pensa e intui. E é por meio dele que podemos elevar ainda mais a nossa vibração e passar a agir com mais amorosidade, reflexão e consciência. Se as coisas estão saindo do seu controle e você perceber que seus sentimentos estão ficando confusos, pare por um instante e respire. A respiração é o canal de comunicação da mente com o coração. Se coloque na presença, aquieta sua mente. Nada é mais importante que sua própria vida, que o seu próprio bem-estar. Tenha isso como prioridade e tudo pode ser diferente. Emita pensamentos elevados e positivos a cada manhã. Sorria sempre que possível. Agradeça! A gratidão é a chave do coração, é ela que vai expandir a amorosidade que há em você. Viva bem, porque a sua vida vale muito! Fonte: https://osegredo.com.br/2017/09/desconecte-se-daquilo-que-nao-e-bom-pra-voce-acredite-voce-vai-viver-muito-bem/


foto por Karen Costa
Engenheira de Alimentos, formada pela Universidade Estadual Paulista - UNESP. Gosta tanto das pessoas quanto gosta dos números. Apaixonada por viagens e por aprender cada dia mais, pois cada momento apresenta uma oportunidade para ser aproveitada. Acredita que a vida é feita de sonhos e vontade para realizá-los.



Comentários...

foto
{{c.nome}} {{c.data| date:'short'}} {{c.conteudo}}


Faça um comentário...

Obrigado, {{contato.nome}}!
Seu comentário foi enviado.




Thank you for registering!

CLICK TO SEE
THE EBOOK



Enter your e-mail to access for free the ebook DA DOR À FELICIDADE

{{errors.newsletterEmail.message}}



Filtrando resultados por: {{config.query}} Nenhum resultado encontrado!

Continue escrevendo para começar a filtrar